Edição anterior (1639):
terça-feira, 07 de maio de 2019
Ed. 1639:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1639): terça-feira, 07 de maio de 2019

Ed.1639:

Compartilhe:

Voltar:


  Justiça

Processo sobre cassação de Dudu deve ter novo capítulo

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julga agravos de instrumento sobre votação na Câmara

Philippe Fernandes

O impasse sobre o processo de cassação do vereador afastado Luiz Eduardo da Silva, o Dudu (Patri) deve ter novo capítulo nesta terça-feira (7). O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) irá julgar agravos de instrumento apresentados contra e a favor da votação na Câmara Municipal. A ação que pede a obrigatoriedade da votação foi feita pelo professor Yuri Moura, que foi candidato a deputado estadual pelo PSOL em 2018.

Em setembro do ano passado, o juiz da 4ª Vara Cível, Jorge Martins, determinou que o Legislativo colocasse o afastamento definitivo do parlamentar em votação. No entanto, a sessão foi suspensa por decisão do desembargador Jaime Dias Pinheiro Filho, da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que acatou embargos da Câmara e de Dudu em fevereiro deste ano.

Dudu está afastado há pouco mais de um ano das funções legislativas, por conta das investigações da Operação Caminho do Ouro - que apura o cometimento dos crimes de fraude e licitação e peculato. O vereador chegou a ter prisão decretada, mas conseguiu habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em setembro de 2018.



Edição anterior (1639):
terça-feira, 07 de maio de 2019
Ed. 1639:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1639): terça-feira, 07 de maio de 2019

Ed.1639:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior