Edição anterior (1824):
sexta-feira, 08 de novembro de 2019
Ed. 1824:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1824): sexta-feira, 08 de novembro de 2019

Ed.1824:

Compartilhe:

Voltar:


  PROCON

Procon descarta quase 60 quilos de produtos impróprios para consumo no Terê Frutas, no Alto da Serra

 

A equipe do Procon Petrópolis realizou nesta quinta-feira (07) mais uma fiscalização em mercados da cidade. Foram flagrados 57,981 quilos de produtos impróprios para o consumo que estavam sendo comercializados no Terê Frutas, no bairro Alto da Serra. O mercado foi autuado pelo órgão, por descumprir as normas do Código de Defesa do Consumidor.

Foram descartados 20,447kg de produtos que estavam com o prazo de validade vencidos; 14,150 kg acondicionados de forma irregular; 2,244 kg sem data do prazo de validade; 20,409 kg de carne pré-moída, violando o decreto estadual; e 950g de alimentos manipulados. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, produtos com prazo de validade vencidos, deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação, devem ser descartados. O órgão descartou todo o material na presença de um responsável pelo estabelecimento.

“Ação de fiscalização sistemática mostra a importância da presença do Procon no controle da comercialização de alimentos impróprios e mostra que esse combate que a gente faz é fundamental para preservar a saúde e a segurança do consumidor. Recebemos denúncias através dos nossos canais de comunicação e mais uma vez a população nos ajudou a balizar as nossas ações e identificar as irregularidades nos supermercados”, destaca o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá. Segundo ele, o órgão dará sequência às ações e esta é uma pauta prioritária da gestão e mostra que a equipe está em sintonia com a população trabalhando para atender a sociedade nas relações de consumo.

As fiscalizações em mercados fazem parte das operações realizadas pelo Procon com a finalidade de fazer valer os direitos da população que estão previstos no Código de Defesa do Consumidor. Vale lembrar que, antes das fiscalizações, o órgão realiza ações de conscientizações orientando os fornecedores da importância de se cumprir as leis do CDC.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Procurado, o Terê Frutas não se pronunciou sobre o assunto.

 


Edição anterior (1824):
sexta-feira, 08 de novembro de 2019
Ed. 1824:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1824): sexta-feira, 08 de novembro de 2019

Ed.1824:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior