Edição anterior (1705):
sexta-feira, 12 de julho de 2019
Ed. 1705:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1705): sexta-feira, 12 de julho de 2019

Ed.1705:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

 

 

Proerd forma mais de 800 alunos no primeiro semestre de 2019

            A quinta-feira (11.07) foi de muita alegria para os 845 alunos da rede municipal que se formaram no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Os jovens que estão cursando o 5º ano, com idade entre 10 e 12 anos, receberam os diplomas em um grande evento no Palácio Sesc Quitandinha.

            O programa, que completa 25 anos no município, comemora a participação de mais de 44 mil alunos no trabalho de prevenção contra as drogas. O Proed é uma ação da Polícia Militar com o apoio e suporte da prefeitura de Petrópolis. O objetivo é que os jovens saibam se afastar das drogas e do mundo da criminalidade. O trabalho é realizado durante todo o semestre, com agentes da PM especializados, junto da escola da rede. São levantados temas como prevenção ao uso de drogas, questões sobre violência, bullyng, entre outros.

            “O Proerd já está consolidado nas unidades da rede de ensino do nosso município. É um trabalho preventivo que atua somando a ações escolares beneficiando os nossos jovens”, contou o secretário Chefe de Gabinete Renan Campos.

            “O foco é passar as instruções e abordar questões além das drogas, como amizades, família, bullyng, boas práticas, decisões. Alcançamos um público jovem que está em transição da infância para a adolescência, quando geralmente a droga é apresentada. Nossa estratégia é a prevenção para que eles saibam sair desse ambiente”, destacou o coordenador do Proed - Subtenente da Polícia Militar, Hermann.

            Na solenidade da manhã, participaram as escolas: EM João Kopke; Escola Municipalizada Carmem Nunes Martins; Escola Santa Maria Goretti; EM Robert Kennedy; EM Odette Young Monteiro; Escola Prof. Joaquim Deister; EM General Heitor Borges; EM Gunnar Vinngren; EM Paroquial Bom Jesus e Escola Paroquial São Francisco de Assis.

            “A presença no Proerd na escola é mais um benefício para os nossos alunos. O programa já existe há anos, só na minha escola pelo menos uns 13. E vejo que os alunos começam a pensar mais sobre o assunto, aprendem a se defender, a resistir e saber dizer não às drogas. Recebemos os agentes da PM com muito carinho”, frisou a diretora da Escola Municipal Robert Kennedy, Carla Cristina Theobald Haubrich, que foi homenageada durante a cerimônia.

            Segundo o subcomandante do 26º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Marcio Fófano, a finalidade principal do projeto é orientar as crianças, além de criar uma aproximação da corporação com os jovens. “Aqui em Petrópolis aumentamos o número de apreensão de drogas. O Proerd é a nossa contribuição com a educação do município, para que no futuro essas crianças não sejam alvo de nossas ações policiais”, frisou.



Edição anterior (1705):
sexta-feira, 12 de julho de 2019
Ed. 1705:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1705): sexta-feira, 12 de julho de 2019

Ed.1705:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior