Edição anterior (2050):
domingo, 21 de junho de 2020
Ed. 2050:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2050): domingo, 21 de junho de 2020

Ed.2050:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Professora aposentada fabrica máscaras para doação

Equipamentos de proteção são distribuídos a moradores de rua

Wellington Daniel


 A solidariedade se faz muito necessária em tempos difíceis, como a pandemia de covid-19. E dentre muitos exemplos, está a professor petropolitana aposentada, Sandra Regina, de 61 anos. Apesar de estar fora das salas de aula, ela tem dado uma aula sobre solidariedade.

A professora tinha o desejo de ajudar neste período de pandemia, mas não poderia sair de casa, por ser do grupo de risco. Foi então que encontrou uma solução caseira: a fabricação de máscaras. Já foram produzidas cerca de 150. Os equipamentos de proteção são distribuídos a pessoas em situação de rua pela organização Médicos sem Fronteiras.

- Comecei a confeccionar máscaras para doar e, conversando com minha sobrinha, ela fez meu cadastro nesta ONG. Vi que poderia que poderia ajudar confeccionando e doando as máscaras.  Já foram enviadas 150 máscaras para o Rio, será montada os kits de higiene. Pedi também para que façam essa campanha aqui em Petrópolis – explicou.

Sandra ressalta a importância de se fazer bem. A professora conta que a produção das máscaras também está ajudando a ela a lidar com este período de quarentena.

- É muito bom ressaltar a importância de doar um pouquinho a essas pessoas que tanto precisam de necessidades básicas, sem precisar de contato físico, diante essa pandemia. A situação de rua torna-os ainda mais vulnerável, expostos. Essa união Médicos sem Fronteiras e Projeto Situação de Rua é maravilhosa. Costurar essas máscaras com retalhos, tem me ajudado muito neste período de quarentena – afirmou.

Até o final do mês, a professora tem a meta de confeccionar 200 máscaras de pano. Ela incentiva a quem puder exercer a solidariedade neste momento.

- Todas as pessoas que puderem doar, sejam máscaras ou alimentos, as pessoas que estão em situação de rua ou que perderam seus empregos, que tem passado por necessidades básicas, ajude – concluiu.



Edição anterior (2050):
domingo, 21 de junho de 2020
Ed. 2050:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2050): domingo, 21 de junho de 2020

Ed.2050:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior