Edição anterior (1730):
terça-feira, 06 de agosto de 2019
Ed. 1730:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1730): terça-feira, 06 de agosto de 2019

Ed.1730:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades


 Queda de barreira em Pedro do Rio prejudica moradores da Vila Leopoldina

A queda ocorreu no final de julho e os destroços, que permanecem no local, vem preocupando residentes

Antônio Reuther

Os moradores da comunidade Vila Leopoldina, em Pedro do Rio, têm demonstrado preocupação e revolta pelo descaso do poder público. Isso acontece por conta de uma barreira que caiu no final do mês passado e está prejudicando, não só os moradores, como também os motoristas de ônibus escolares.

Uma moradora da Rua Eugênio Zanatta, Magda Ferreira, informou que a Defesa Civil já esteve no local para interditar a área, mas, segundo a mesma, o local parece que foi deixado de lado após a interdição. Magda disse que a queda da barreira tem prejudicado o acesso dos ônibus escolares à vila, visto que os destroços ocupam parte da via.

-Essa barreira caiu no final do mês de julho e, até o momento, apenas a Defesa Civil compareceu no local e interditou. Dentro da comunidade tem o CEI Vila Leopoldina, e passam os ônibus escolares pelo trecho. Os veículos não estão conseguindo manobrar, pois essa é a única área de manobra que eles têm. Algumas crianças estão tendo que um bom trecho a pé para ir ao encontro do ônibus – disse Magda.

A moradora ainda disse que a barreira já chegou a cair outras vezes, mas a questão foi solucionada pela mesma. Na época, a residente conseguiu um caminhão para retirar o que o desmoronamento deixou, com o próprio dinheiro, visto que a Prefeitura não comparecia ao local para realizar o serviço.

-No período entre 2012 e 2017, a barreira caiu. Fui eu que consegui um caminhão para tirar a sujeira da rua. Infelizmente desta vez não posso fazer o mesmo. Eu já não tenho mais onde recorrer. A pessoa que podia recorrer, já recorreu e até agora nada fizeram – disse.

Além disso, disse que já recorreu a todos os responsáveis possíveis, mas, até o momento, nada foi feito. A moradora criticou o descaso da prefeitura e ressaltou a necessidade de não apenas denunciar problemas de interesse pessoal, mas sim colaborar com a cidade e alertar sobre qualquer questão que precise de atenção.

-Eu acho um tremendo descaso da Prefeitura. Foi da última vez que não retiraram, e agora que parece que também não vão. A comunidade é bem carente e a população precisa que o serviço seja feito – completou.

A Prefeitura disse que a circulação dos ônibus escolares não foi interrompida, houve apenas uma alteração no itinerário.

O local foi interditado preventivamente após queda de barreira ocorrida devido a um processo de erosão na área. A limpeza não foi realizada até o momento porque há risco de novos deslizamentos. A retirada do material poderá ser feita após a Defesa Civil atestar a segurança no local e autorizar o uso de máquinas pesadas na área.

 

 

 



Edição anterior (1730):
terça-feira, 06 de agosto de 2019
Ed. 1730:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1730): terça-feira, 06 de agosto de 2019

Ed.1730:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior