Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Queda na rede elétrica  afeta circulação de ônibus em Benfica, Itaipava

Reparos já foram solicitados, mas melhorias ainda são aguardadas

Camila Caetano – especial para o Diário 

 

Não é de hoje que os moradores da Rodovia Philuvio Cerqueira (em Benfica, Itaipava) enfrentam problemas relacionados ao ponto de ônibus existente na altura do km 2,5. Após muitas reviravoltas, cidadãos do lugar finalmente tiveram estabilidade em relação ao assunto. No entanto, agora, um novo problema vem afetando a quem mora por lá. Há mais de um mês, um fio arriado existente no local vem prejudicando as paradas dos coletivos. Durante esse tempo, moradores contam que os reparos já foram solicitados à empresa responsável, mas, as intervenções continuam sendo aguardadas.

De acordo com as informações, o problema se originou com um caminhão de grande porte, que entrou no local reservado para os ônibus. Dessa forma, o mesmo atingiu um fio da empresa Oi, que se encontra arriado de tal maneira que, para evitar que o mesmo arrebente de vez, alguns ônibus não têm realizado as paradas no lugar, afetando aos passageiros que dependem dos mesmos.

 Rosembergue Santana, um residente do local, diz que ao solicitar os reparos à empresa, são sempre informados de que um técnico irá resolver o problema dentro de 24h. Contudo, mais de um mês já se passaram, sem novidade alguma.

- Um caminhão que não sabia que o local é reservado para ônibus entrou no acesso e acabou arriando um fio da empresa Oi. Agora, uns ônibus acessam o local, e outros não, pois, o teto dos mesmos esbarra no fio, e alguns motoristas ficam com medo de arrebentá-lo. Seria mais fácil os funcionários da empresa virem esticar o fio, pois, daqui a pouco vai arrebentar, e resultar em um problema maior. Quando solicitamos os reparos, sempre nos informam que vão enviar um técnico, mas, até hoje nada. Sem o acostamento, os ônibus não podem parar – informou Rosembergue, salientando que a população já implorou pela intervenção.

Questionada, a Enel informou que não é responsável pela manutenção da fiação de telefonia.

A Oi disse que vai enviar uma equipe ao local para avaliar a situação.



Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior