Edição anterior (1457):
terça-feira, 06 de novembro de 2018
Ed. 1457:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1457): terça-feira, 06 de novembro de 2018

Ed.1457:

Compartilhe:

Voltar:


  Estado

Rio Rural é exemplo de desenvolvimento sustentável

Programa está entre as iniciativas mais inovadoras selecionadas pela FAO

O programa Rio Rural, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, foi selecionado entre as iniciativas mais inovadoras para o desenvolvimento rural sustentável da América Latina e Caribe, pela FAO (Organização de Agricultura e Alimento das Nações Unidas). O Rio Rural já beneficiou quase 46 mil produtores familiares em 373 microbacias hidrográficas de 78 municípios fluminenses, com incentivos para a adoção de práticas sustentáveis, harmonizando a produção de alimentos e a recuperação ambiental.

A Organização de Agricultura e Alimento das Nações Unidas avaliou 242 iniciativas e destacou o programa do Governo do Rio como importante para o fortalecimento das comunidades rurais. O comitê de avaliação – formado por especialistas da FAO, do Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura, do Fundo de Inovação Social do Chile e da Comissão Econômica da América Latina e Caribe – selecionou os 12 vencedores.

Realizado em parceria com o Banco Mundial, o programa Rio Rural contempla agricultores com apoio técnico e financeiro na implantação de projetos econômicos nas diversas cadeias produtivas e ações ambientais com foco na gestão de recursos hídricos. Até o fim de 2018, a iniciativa terá investido um total de US$ 152 milhões em ações para a melhoria das práticas agrícolas. 

Renda no campo

As ações do programa são responsáveis pelo aumento da renda no campo e melhoria das práticas agrícolas e ambientais, entre elas: pastejo rotacionado, plantio direto, sistemas agroflorestais, ordenha mecânica e tanques de resfriamento para leite. Como contrapartida, os beneficiários realizam ações de conservação ambiental em seus sistemas de produção. Entre os principais projetos incentivados estão a proteção de 8.290 nascentes, recuperação de mata ciliar e áreas de recarga hídrica. As práticas produtivas sustentáveis implantadas já abrangem 1,5 milhão de hectares.

 



Edição anterior (1457):
terça-feira, 06 de novembro de 2018
Ed. 1457:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1457): terça-feira, 06 de novembro de 2018

Ed.1457:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior