Edição anterior (1675):
quarta-feira, 12 de junho de 2019
Ed. 1675:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1675): quarta-feira, 12 de junho de 2019

Ed.1675:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Rua pode ceder a qualquer momento no Bairro Esperança

De acordo com quem passa pelo local, a falta de manutenção pode trazer consequências

Antônio Reuther

O bairro Esperança sofre com diversos problemas e questões que causam riscos à segurança dos moradores. Além do não recolhimento de entulho nas ruas e a falta de capina, principalmente no Caminho do Doutor, há uma escada que realiza o acesso ao bairro que, segundo uma moradora, possui iminente risco de queda.

Fátima da Silva, moradora do local, informou que as condições da escada geram preocupações aos pedestres, visto que o local é o acesso ao bairro, e muitas pessoas o utilizam. Segundo Fátima, a localidade não recebe os serviços de capina e recolhimento de entulho, dando aparências de abandono e prejudicando os residentes.

-Cada dia que passa, os moradores ficam cada vez mais preocupados. Há uma parte da escada que está suspensa, não havendo apoio. Pode cair a qualquer momento. Além disso, o mato tomou conta de uma parte do acesso, dificultando demais a passagem. Como é o caminho de acesso ao bairro, é utilizado por muitas pessoas, incluindo mães que levam seus filhos para escola e creche. Não temos a capina e o recolhimento de entulho, que era realizado uma vez por mês, já não acontece mais – disse Fátima.

A moradora disse que, apesar das reclamações de residentes, nenhuma providência foi tomada. Fátima informou que algumas lixeiras estão sem a capacidade de atender a região, pois a própria população usa as coletoras como locais para despejar entulhos de obras, impedindo o serviço de coleta do lixo.

-Tenho certeza que a Prefeitura já recebeu alguma reclamação, principalmente por ser uma situação que é relatada com frequência. Até o momento não foi tomada nenhuma providência. Pessoas de outros bairros jogam entulho de obras nas lixeiras, deixando-as lotadas. A coleta de lixo é feita rigorosamente pela prefeitura, mas estes entulhos impedem que o serviço seja realizado por completo. Claro que há culpa também dos moradores, mas a Prefeitura tem suas deficiências, não realizando a capina e não recolhendo o entulho das ruas – disse.

Procurada pelo Diário, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias disse que vistoriou a escadaria nesta terça-feira (11). Os técnicos irão indicar quais são as medidas necessárias para reduzir os riscos no local, que não precisou ser interditado.

A Comdep informou que está fazendo a capina no Bairro Esperança e vai alcançar o Caminho do Doutor até o fim da semana. A remoção de entulho no Bairro Esperança também está na programação das equipes operacionais.

Cabe ressaltar que o despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800.

A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042 e para a Comdep pelo 2292-9500. A Fiscalização de Posturas irá ao local para identificar os responsáveis pela irregularidade.

A Comdep oferece o serviço de recolhimento gratuito de até 20 sacos de entulho por meio do serviço Disque Entulho – os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.

A Secretaria de Obras irá vistoriar o local para determinar intervenções na escadaria.



Edição anterior (1675):
quarta-feira, 12 de junho de 2019
Ed. 1675:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1675): quarta-feira, 12 de junho de 2019

Ed.1675:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior