Edição anterior (2131):
quinta-feira, 10 de setembro de 2020
Ed. 2131:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2131): quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Ed.2131:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Secretaria de Desenvolvimento busca parceria com o Exército para alavancar polo tecnológico

Chefe do departamento de ciência e tecnologia do Exército esteve na cidade

Jaqueline Ribeiro - especial para o Diário

 

Com o objetivo de alavancar o crescimento do setor de tecnologia, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico trabalha para viabilizar um convênio com o Exercito para desenvolvimento de um projeto-piloto na área. A intenção é aproveitar o potencial da cidade - que abriga o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), onde está o supercomputador Santos Dumont e o Parque Tecnológico da Região Serrana (Serratec), cujas empresas geram mais de mil empregos na cidade.  A convite do secretário Marcelo Soares, o chefe de ensino pesquisa e inovação do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exercito, general Luis Henrique de Andrade esteve na cidade.

 

Articulamos reuniões no Serratec, e também no LNCC. Ele conversou com empresários do setor e foi recebido pelo prefeito Bernardo Rossi. Depois de conhecer a capacidade da cidade, o general se mostrou interessado em desenvolver convênios, o que será muito bom para a cidade - explica Marcelo Soares, destacando que a intenção do encontro foi apresentar ao militar o potencial da cidade o âmbito da tecnologia. 

- O setor de tecnologia tem um grande potencial para desenvolvimento na cidade. É um setor capaz de gerar empregos de alto nível, com bons salários para os petropolitanos. Nosso trabalho na Secretaria de Desenvolvimento é trabalhar para viabilizar isso. Petrópolis tem todas as condições para se tornar um dos maiores polos de tecnologia do país - pontua Marcelo Soares.

O secretário explica que o município em parceria com empresários da cidade irá encaminhar ao militar  a proposta de implementação de  um projeto piloto.

- Vamos definir na reunião de amanhã que projetos iremos apresentar, mas provavelmente será algo na área de segurança cibernética, que tem grande demanda atualmente com a informatização cada vez mais integrada à vida das pessoas, ou ainda algum projeto relacionado a inteligência artificial, que tem grande potencial em áreas como a medicina, por exemplo  - destaca Marcelo Soares, lembrando que serão pelos menos três opções de projetos a serem apresentados ao chefe de ensino pesquisa e inovação do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exercito.



Edição anterior (2131):
quinta-feira, 10 de setembro de 2020
Ed. 2131:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2131): quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Ed.2131:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior