Edição anterior (1757):
segunda-feira, 02 de setembro de 2019
Ed. 1757:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1757): segunda-feira, 02 de setembro de 2019

Ed.1757:

Compartilhe:

Voltar:


  Política
Segunda-feira na Alerj 

 

CPI DO GÁS OUVE PROCURADOR-CHEFE DO ESTADO

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) destinada a apurar as irregularidades na distribuição de gás recebe, nesta segunda-feira (02/09), o procurador-chefe Flavio Willerman. Ele foi designado pelo procurador-geral do Estado do Rio, Marcelo Lopes da Silva, para responder à CPI.

De acordo com o presidente da comissão, deputado Max Lemos (MDB), esse é mais um passo da CPI na busca por esclarecer a situação atual da distribuição de gás no estado. "A Procuradoria Geral do Estado foi convidada para dar luz nas estratégias jurídicas da concessionária Naturgy, que tem presença constante em processos e também na dívida ativa, com débitos que podem alcançar um total de R$ 37 milhões. Não podemos permitir o estado ficar com esse prejuízo", defendeu o parlamentar.

CPI DA ALERJ VAI OUVIR EX-SECRETÁRIO DE FAZENDA E EX-DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DO RIOPREVIDÊNCIA

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que investiga as condições atuariais do Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (RioPrevidência), vai ouvir, nesta segunda-feira (02/09), o ex-diretor administrativo e financeiro da instituição, e o ex-secretário de Estado de Fazenda, Luiz Cláudio Lourenço Gomes.

Presidente da CPI, o deputado Flavio Serafini (Psol), disse que o encontro servirá para discutir as onerações do fundo e operações financeiras nos paraísos fiscais. “Essa reunião nos trará mais elementos para analisarmos melhor essas operações" , disse o parlamentar. A reunião acontecerá às 14h, na sala 311 do Palácio Tiradentes. 

LIGAÇÃO ENTRE PONTE RIO-NITERÓI E LINHA VERMELHA É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ

Os impactos sobre a Região Metropolitana da alça de ligação da Ponte Rio-Niterói com a Linha Vermelha, que está em construção, serão discutidos em audiência pública nesta segunda-feira (02/09). Promovida pela Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) em conjunto com a Comissão Especial da Região Metropolitana, a reunião será iniciada às 11h, na Sala 316 do Palácio Tiradentes.

"Acredito que essa obra venha a colaborar para uma melhor fluidez no trânsito, mas não podemos deixar de avaliar que tipo de problema isso pode trazer para o entorno. Minimizar esse impacto é de fundamental importância para a cidade", disse o presidente da Comissão de Transportes, deputado Dionísio Lins (PP).

COMISSÃO DEBATE VALORIZAÇÃO DO JONGO COMO TRABALHO

A Comissão de Trabalho, Seguridade e Legislação Social da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai realizar, nesta segunda-feira (02/09), uma audiência pública para debater as políticas de valorização, reconhecimento e fortalecimento dos jongueiros. O evento vai acontecer a partir das 10h na Casa do Jongo, em Madureira, Zona Norte do Rio. O jongo é uma dança de origem africana praticada ao som de tambores, que teve influências na formação do samba carioca e da cultura popular brasileira como um todo.S

egundo a presidente da comissão, deputada Mônica Francisco (PSol), para além de discutir o incentivo através do viés cultural, é preciso reconhecer os jongueiros como força de trabalho e de fomento à economia criativa. “Temos mantido conversas com representantes das jongueiras e jongueiros visando à valorização do trabalho que eles realizam para manter a tradição do jongo vivo. Hoje, esse trabalho é informal, mas vamos justamente debater formas de fomento e sustentabilidade dos praticantes dessa atividade cultural e histórica”, explicou a parlamentar.

Foram convidados para a reunião representantes das secretarias de Estado de Cultura, de Trabalho, de Educação, de Assistência Social, do Inepac, do Iphan e do Theatro Municipal. Também participarão do encontro as deputadas federais Benedita da Silva (PT) e Talíria Petrone (PSol) e o vereador Tarcísio Mota (PSol). As comissões de Cultura, de Educação e de Juventude da Alerj também foram chamadas.

CPI DA ENERGIA ELÉTRICA REALIZA AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA APURAR POSSÍVEIS IRREGULARIDADES DA LIGHT EM CAMPO GRANDE

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar irregularidades na prestação de serviços das concessionárias de energia elétrica Enel e Light, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), realizará audiência pública nesta segunda-feira (02/09) em Campo Grande. A reunião ocorrerá às 14h, no Auditório da Igreja Matriz Nossa Senhora do Desterro, situada na rua Amaral Costa, 141 (Praça Dom João Esberard, S/Nº) – Campo Grande – Zona Oeste.

A presidente da CPI da Energia Elétrica, deputada Zeidan Lula (PT), disse que o principal objetivo é ouvir as demandas dos moradores da região. "A Zona Oeste, assim como a Baixada Fluminense e a Região dos Lagos, vêm sofrendo com o descaso da Light. A nossa CPI já encaminhou uma cobrança junto à Aneel para que a fiscalização e as multas voltem a acontecer via Agenersa. Cobrei isso da Aneel, pessoalmente, em maio deste ano como presidente da CPI", afirmou a parlamentar.

Foram convidados para a audiência pública representantes da associação de moradores de Campo Grandes, do Conselho de Consumidores da Light, da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (Campo Grande - 29ª Subseção do Rio de Janeiro), da Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj, do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-RJ), do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), e da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro.



Edição anterior (1757):
segunda-feira, 02 de setembro de 2019
Ed. 1757:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1757): segunda-feira, 02 de setembro de 2019

Ed.1757:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior