Edição anterior (940):
quarta-feira, 07 de junho de 2017
Ed. 940:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (940): quarta-feira, 07 de junho de 2017

Ed.940:

Compartilhe:

Voltar:


  Segurança

 

Segurança do TJ-RJ impede a entrada de 37 mil armas de fogo e drogas em fóruns

 

Milhares de pistolas, tasers (arma de choque), submetralhadoras e até fuzis foram barradas na porta dos fóruns do Estado do Rio de Janeiro. Nos últimos 12 meses, o sistema de controle de acesso do Tribunal de Justiça impediu a entrada de 37 mil armas de fogo, descobertas por máquinas de raios-x, detectores de metais portáteis e revistas pessoais. Divulgado pelo colunista Ancelmo Gois, no jornal O Globo desta segunda-feira (5), o levantamento feito pela AMAERJ mostra também que foram apreendidas drogas como maconha, cocaína e haxixe.

Somente na Capital, foram retidas cerca de 10 mil armas de fogo, além de munições de diferentes calibres. Em todo o Estado, 51 mil objetos que também oferecem riscos foram bloqueados, como facas, punhais, estiletes, canivetes, garrafas de vidro, tesouras e ferramentas.

“O resultado é muito positivo. O controle de acesso é de extrema importância. Caso não houvesse o controle de acesso nas unidades, todos os materiais acautelados ou apreendidos entrariam e poderiam oferecer riscos aos magistrados, funcionários e usuários do Poder Judiciário do Estado”, disse o coronel Marley Elysio dos Santos (diretor do DESEP – Departamento de Segurança Patrimonial do TJ-RJ).

Dos 102 fóruns do Rio, 67 edificações têm controle de acesso. Desde o início de 2016, a AMAERJ solicita ao TJ-RJ a instalação do sistema em todo o Judiciário fluminense. A DGSEI (Diretoria-Geral de Segurança Institucional do TJ) informou à Associação que pretende implementar o aparato em outras 10 unidades até o fim de 2018.

Os detectores permitem vistoriar bolsas, pastas e mochilas, impedindo o ingresso de pessoas com qualquer tipo de arma ou munição. A pessoa que estiver com armamento ou munição de forma ilegal será conduzida para uma delegacia. O objeto que pode ser portado pelo cidadão é devolvido ao sair do edifício.

O sistema de controle de acesso proporciona mais segurança e atende a Resolução 104/2010, do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). As unidades do TJ-RJ também contam com mais de três mil câmeras de vigilância e cerca de 150 sistemas de alarme.

Raio-x detectou revólver municiado no Fórum de Saquarema

Casos

Em 2016, o lavrador Sueli Soares da Rocha, de 72 anos, tentou entrar com um revólver municiado com seis projéteis no fórum de Saquarema (Região dos Lagos). A segurança flagrou a arma no equipamento de raio-x, e os policiais militares o prenderam em flagrante. Sem porte de arma, ele afirmou que andava armado porque estava sendo ameaçado.

No início deste ano, um casal foi preso em flagrante ao tentar entrar com oito projéteis no Fórum de Resende (Sul Fluminense). A munição foi flagrada em uma bolsa após passar pelo raio-x. Os policiais deram voz de prisão aos suspeitos e também encontraram um revólver escondido no carro do casal.

Fóruns

Contam com o sistema de controle de segurança as unidades de Alcântara, Anexo da Cidade Nova, Araruama, Bangu, Barra Mansa, Barra da Tijuca, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus de Itabapoana, Búzios, Cabo Frio, Cachoeira de Macacu, Campo Grande, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, EMERJ, Fórum Central, Guapimirim, Ilha do Governador, Itaboraí, Itaipava, Itaguaí, Itaperuna, Jacarepaguá, Japeri, Juizado da Infância Juventude e do Idoso (Praça Onze), Leopoldina, Macaé, Madureira, Magé, Maricá, Méier, Mesquita, Miracema, Nilópolis, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paraíba do Sul, Pavuna, Petrópolis, Queimados, Região Oceânica, Resende, Rio Bonito, Rio das Ostras, Santo Antônio de Pádua, São Fidélis, São Gonçalo, São João de Meriti, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Teresópolis, Três Rios, Valença, Vassouras, Vila Inhomirim e Volta Redonda.

 

Arma encontrada no Fórum de Resende



Edição anterior (940):
quarta-feira, 07 de junho de 2017
Ed. 940:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (940): quarta-feira, 07 de junho de 2017

Ed.940:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior