Edição anterior (1583):
terça-feira, 12 de março de 2019
Ed. 1583:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1583): terça-feira, 12 de março de 2019

Ed.1583:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Sem vistoria, árvores na Serra Velha causam preocupação

 

Natália Rodrigues


 Quem trafega pela RJ 107, mais conhecida como Serra Velha, que liga os municípios de Magé e Petrópolis se depara com a precariedade que a estrada apresenta. A falta de investimentos nos últimos anos agravaram as condições da via que é de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Se já não bastassem os inúmeros buracos, principalmente nas curvas, os moradores e motoristas enfrentam agora o perigo de queda de galhos e árvores durante todo o percurso.

A supervisora de cobranças Daniela Jorge de Souza reside na localidade conhecida como Açude, no Meio da Serra e relatou que de tempos em tempos alguma árvore cai, mas com as fortes chuvas das últimas semanas o número aumentou.

- O problema é que quando uma árvore cai interdita a estrada, os moradores ficam sem ter como passar atrapalha todo mundo, quem tem que trabalhar chega atrasado ao trabalho e ninguém faz nada. Há pouco tempo atrás ficamos sem luz e telefone por dias por causa de um galho que tinha caído nos fios o problema que isso tem se tornado cada vez mais constante – disse.

Daniela assim como outros moradores está preocupada com a possibilidade de um acidente acontecer, pois passa diariamente pela estrada.

- Já reclamei outras vezes, desde quando uma árvore caiu em cima de um restaurante e derrubou um poste. Fizeram promessas que iriam vir verificar e ver como poderiam fazer as podas porque tinham que pedir autorização ao Meio Ambiente, mas isso já tem mais de um ano e meio e ninguém faz nada. Só quero saber quando atingir um carro e machucar alguma pessoa de quem será a responsabilidade? – indagou.

Questionamos o DER-RJ sobre a previsão de reparos e manutenção na região, que em nota informou que uma equipe vai percorrer a via para realizar um diagnóstico dos reparos necessários. Os galhos junto à fiação são de responsabilidade da concessionária de luz local. O DER-RJ não pode intervir devido ao risco de curto-circuito.  A nova gestão do DER-RJ informa que, neste momento, não há convênio firmado para cessão de asfalto.

A prefeitura respondeu que os serviços de manutenção e conservação da Serra Velha são de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O município cobra frequentemente que o órgão faça a manutenção das estradas de domínio do Estado, que são de sua responsabilidade, incluindo também a questão das árvores ao longo do trecho.

Indagamos ainda as empresas Oi e Enel, mas não recebemos respostas até a conclusão desta matéria.



Edição anterior (1583):
terça-feira, 12 de março de 2019
Ed. 1583:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1583): terça-feira, 12 de março de 2019

Ed.1583:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior