Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:


  Tecnologia
 

Semana de Ciência e Tecnologia começa neste sábado

Abertura contará com presença de representante do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações

Wellington Daniel

Começa amanhã (17) a Semana Nacional da Ciência e Tecnologia. Neste ano, em Petrópolis, o evento contará com a presença do secretário nacional de empreendedorismo e inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim. Além disso, será em unidade com diversas entidades ligadas a tecnologia. O tema é “Inteligência Artificial: a nova fronteira para a Ciência Brasileira”.Para o secretário municipal de desenvolvimento econômico, Marcelo Soares, as palestras sobre o tema vão mostrar que a Inteligência Artificial já está presente em nosso dia a dia. Além disso, Soares considera que a união das entidades para realizar o evento em conjunto mostra a união e força do setor.

- Com tudo o que terá durante a Semana, queremos atrair a atenção para a cidade. Isso terá visualização no país inteiro. É uma forma de divulgar o potencial da cidade. Atrai especialmente o interesse do MCTI, que vê que Petrópolis está unida e tem um setor de tecnologia encorpado, pronto para receber novos investimentos e novas empresas – explicou.

Além da Prefeitura, participam da organização o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), o Parque Tecnológico da Região Serrana (Serratec), a Universidade Federal Fluminense (UFF), o CEFET, a Faeterj, UNIFASE e UCP. Para acessar toda a programação, que continua entre os dias 19 e 23, o interessado pode entrar no site: http://snctpetropolis2020.serratec.org/ 

Tecnologia e inteligência artificial

Para o diretor no LNCC, Augusto Gadelha, o petropolitano precisa ter uma apreciação pela Ciência. Ele diz que as palestras serão todas acessíveis pela internet e a união das diversas instituições é para que a Semana, que ocorre nacionalmente desde 2004, alcance seus objetivos.

- Em todo o mundo já é uma certeza que sem uma base científica e tecnológica um país não se desenvolve e perde sua autonomia.  Petrópolis é uma cidade que já possui e investe em empresas de base tecnológica e na formação de recursos humanos. É importante que o petropolitano tenha uma apreciação e valorize a Ciência. No combate à atual pandemia, é na Ciência que buscamos as soluções – disse.

O presidente do Serratec, Marcelo Carius, aponta que o parque traz investimentos de R$ 1,2 milhão por ano e coloca investimento na região de cerca de 8 milhões por ano. Para ele, é necessário se pensar em Inteligência Artificial para se conectar com o futuro.

- Acho que daqui a alguns anos, o sistema que não tiver inteligência artificial estará fadado a não ganhar mercado ou a perder. A IA não é uma coisa apenas para pesquisa, é um tipo de tecnologia que pode ser usado em qualquer sistema. A pessoa que aprende está cada vez mais se conectando com o futuro do país e do mundo – afirmou.

O professor da UNIFASE/FMP e membro da Comissão Organizadora da Semana Científica da instituição, Gabriel Mendes de Souza Martins, aponta que serão discutidos os limites éticos da IA na programação do centro universitário. Mas, para ele, o investimento neste tipo de tecnologia em Petrópolis poderia ajudar a resolver problemas históricos, bem como benefícios para saúde e educação.

- Petrópolis vivencia uma série de problemas históricos, relacionados à sua topografia, adensamento populacional e fragilidade no planejamento e administração pública. Neste contexto, o investimento em Inteligência Artificial (IA) poderia colaborar com o avanço do município em diferentes aspectos, desde o aprimoramento da logística de trânsito e segurança pública, com mapeamento de zonas críticas; auxiliando também na preservação ambiental, também com o uso do georreferenciamento; podendo até participar de uma maior integração entre os setores do poder público, facilitando o gerenciamento de verbas e a tomada de decisões com base em evidências – afirmou.



Edição anterior (2167):
sexta-feira, 16 de outubro de 2020
Ed. 2167:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2167): sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Ed.2167:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior