Edição anterior (2012):
quinta-feira, 14 de maio de 2020
Ed. 2012:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2012): quinta-feira, 14 de maio de 2020

Ed.2012:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral
 

Serrano Futebol Clube: Movimento Democracia Azul exige transparência da administração

Camila Caetano - especial para o Diário

Quem gosta de futebol, com certeza já ouviu falar no Leão da Serra, famoso time do Serrano Futebol Clube. O que muitas pessoas não sabem é sobre o movimento Democracia Azul, que devido aos problemas administrativos internos do mesmo, surgiu com o intuito de descentralizar o poder da antiga administração do clube - que permanece com o mesmo presidente há 15 anos.

Atualmente, a Democracia é composta por diversos amigos do clube, torcedores, e jogadores que foram campeões pelo time na década de 90, como por exemplo, Sérgio Eduardo Kling, Cláudio Coloral, um excelente especialista em eventos esportivos, e o cientista político Miguel Morelli, que também é pós-graduado em gestão esportiva pela Fifa, e pontua sobre a questão.

Segundo ele, o clube tem colecionado grandes perdas de patrimônio ao longo dessa gestão. Exemplos claros disso, de acordo com ele, são o estacionamento, que foi vendido, e as atuais condições da sauna, que já foi considerada a maior e melhor da cidade

- Hoje o Estádio Atílio Marotti e suas dependências, como o Ginásio Afonso Paoni, estão largados a própria sorte. Se não fosse a ajuda dos torcedores e da Frente Azul, o Estádio não seria reformado, não receberia as cadeiras que foram doadas em 2011 e afins. O Ginásio encontra-se na mesma situação, visto que devido a falta de uma boa gestão, sua manutenção é mantida pelos pais dos atletas. Hoje, os donos do Serrano são os 16 membros que compõem a direção, e fazem questão de não passar transparência para os demais envolvidos com o clube. Os sócios não conseguem colocar sua situação em dia, já que o Serrano não tem uma secretaria social, ou um estatuto para que os mesmos se legalizem - diz ele.

Em fotos enviadas por Sérgio, é possível constatar a triste situação do local.

- A atual situação que o clube se encontra é muito lamentável, pois o Serrano é um marco para o esporte petropolitano e nacional. Nós exigimos transparência da diretoria, para com os demais, o que queremos é a redemocratização do clube – salienta Miguel.

Outras informações estão disponíveis na página do movimento no Facebook, que pode ser encontrada como Democracia Azul.

Patrocinador fará reformas

Questionado sobre as denúncias, Alexandre Beck, atual presidente do Serrano se manifesta dizendo que apesar do clube atravessar um momento inoportuno, ele fechou o maior patrocínio de sua história, com a Interfut, que será responsável por fazer as manutenções no estádio, além do mais, ele afirma que a grama já está sendo trocada, além de outros benefícios.

- Em 2013 houve um leilão em que graças a nossa gestão, a situação foi revertida. Hoje em dia o Serrano tem dificuldades iguais a de outros clubes. Mesmo não sendo o momento adequado, conquistamos o maior patrocínio da história, que fará as reformas no estádio – disse ele.

O presidente reiterou dizendo que o terreno citado anteriormente não pode ser vendido pois algumas dívidas incidem sobre o mesmo, além do mais também ressaltou dizendo que o clube é totalmente aberto e democrático. Futuramente, será criado um dossiê, segundo ele.



Edição anterior (2012):
quinta-feira, 14 de maio de 2020
Ed. 2012:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2012): quinta-feira, 14 de maio de 2020

Ed.2012:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior