Edição anterior (2438):
quarta-feira, 14 de julho de 2021
Ed. 2438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2438): quarta-feira, 14 de julho de 2021

Ed.2438:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

Serviço de montagem e desmontagem de tenda para ponto de apoio a covid-19 pode custar mais de 466 mil reais

Prefeitura abriu licitação para instalação da estrutura na UPA Cascatinha por seis meses 

Priscila Torquato – especial para o Diário

O Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (Sehac) está conduzindo uma licitação para a contratação de uma empresa que ficará responsável pela estrutura de um ponto de apoio a covid-19 que será instalado na UPA Cascatinha. O valor do contrato que tem duração de seis meses está estimado em R$ 466.560,00. O pregão presencial está marcado para o dia 21 de julho. De acordo com o edital de licitação, a empresa contratada terá cinco dias após a assinatura do contrato para montar toda a estrutura. “Todos os materiais, objetos e equipamentos que compõem a estrutura locada deverão ser entregues e montadas no endereço da UPA Cascatinha, localizada a Rua Bernardo Proença n 500, Cascatinha –Petrópolis/RJ, no local apontado pela pessoa responsável indicada pelo contratante.”

A empresa deverá fornecer duas tendas, três banheiros químicos, piso, além de instalação elétrica, iluminação e ar condicionado.

Desde março deste ano, a UPA Cascatinha funciona como UPA Vermelha, com atendimento exclusivo para pacientes de covid-19, e ponto de apoio funcionando com médicos 24h. A indicação da Secretaria de Saúde é de que pessoas com sintomas de covid se dirijam ao local para atendimento.  A justificativa do governo municipal é de que “para atender o aumento de demanda por internações, a prefeitura  redimensionou a rede de Saúde, com a reabertura da UPA Vermelha em março. A unidade tem leitos para internação, inclusive com estrutura de UTI.”

No momento em que os números de internação nas UTIs e leitos de clínica médica vêm diminuindo, a contratação por seis meses se destaca.  Segundo a prefeitura, já existe uma estrutura montada na UPA Cascatinha contratada em caráter emergencial. O prazo está chegando ao fim. Com a pandemia ainda em progresso, o objetivo é regularizar a situação da utilização da estrutura.

Em nota a direção do Sehac informou “que a tenda utilizada anteriormente foi contratada de forma emergencial. Tendo em vista a proximidade de vencimento do contrato e a continuidade do cenário de pandemia, a nova direção do Sehac abriu um processo licitatório. Assim, em caso de necessidade, o equipamento será disponibilizado imediatamente, evitando que seja feita nova contratação emergencial.”



Edição anterior (2438):
quarta-feira, 14 de julho de 2021
Ed. 2438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2438): quarta-feira, 14 de julho de 2021

Ed.2438:

Compartilhe:

Voltar: