Edição anterior (1757):
segunda-feira, 02 de setembro de 2019
Ed. 1757:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1757): segunda-feira, 02 de setembro de 2019

Ed.1757:

Compartilhe:

Voltar:


  Empregos

Serviços são quase metade dos empregos com carteira assinada

Comércio e indústria são as outras grandes forças da economia municipal, segundo Caged

Philippe Fernandes

 Comércio na Rua Teresa

O setor de serviços tem praticamente metade dos empregos com carteira assinada de Petrópolis. É o que diz os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Levantamento realizado pelo Diário de Petrópolis mostra que o segmento tem 30,2 mil dos 63 mil empregos com carteira assinada no município, totalizando 48% do total. Em seguida, as outras principais forças da economia petropolitana são o comércio, com 16,4 mil (26%); e a indústria (19%).

Ainda de acordo com os dados oficiais - que incluem só registros em carteira, não levando em conta contratos por pessoa jurídica, como microempreendedores individuais, por exemplo, o setor da construção civil emprega atualmente pouco mais de dois mil pessoas em Petrópolis (3,2%); os serviços industriais de utilidade pública, 1,4 mil (2,2%); a agropecuária, 532 (0,84%); e a extrativa mineral, apenas 40 funcionários (0,06%).

Apesar da força dos serviços quando se soma todos os subsetores, o segmento da economia que mais emprega é o comércio varejista: apesar do fechamento de lojas e da perda de postos de trabalho desde o agravamento da crise econômica nacional, o segmento ainda é o principal empregador da cidade, com 15 mil trabalhadores.

Em seguida, aparece o segmento que inclui hoteis, bares e restaurantes, que está dentro do guarda-chuva de serviços, sendo responsáveis por 10,2 mil postos de trabalho - 33% do setor de serviços e 16% do total do município. Os outros setores de atividade que mais empregam estão, na sua maioria, também ligados ao setor de serviços: é o caso de serviços médicos, odontológicos e veterinários (5,6 mil), comércio e administração de imóveis e valores mobiliários (5,2 mil) e transportes e comunicações (4 mil).

Quando se analisam os dados da indústria, o subsetor que mais emprega ainda é o da indústria têxtil, com 3,9 mil funcionários. O setor já foi uma das principais molas propulsoras da economia de Petrópolis, mas registrou uma queda devido ao desaquecimento da economia e à concorrência com novos mercados, como o chinês. Em seguida, surge a indústria de produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico: 2,5 mil empregados.

O material de transporte é o outro setor da indústria com grande número de empregados: 1.942. Em seguida, aparecem borracha, fumo, couro, peles e similares (993); metalúrgica (607); papel, papelão, editorial e gráfica (593); madeira e mobiliário (451); mecânica (444); indústria química de produtos farmacêuticos (421); produtos minerais não metálicos (153); material elétrico e comunicações (52) e calçados (15).

Número de estabelecimentos

Ainda de acordo com os dados do Caged, Petrópolis conta hoje com 13.667 estabelecimentos formais, e a predominância dos setores de serviços e comércio também pode ser percebida neste contexto. Mais de 6,8 mil empreendimentos (metade do total) são relacionados ao segmento de serviços. O comércio, por sua vez, conta com 4.576 estabelecimentos, sendo 4.316 do varejo. Há no município 3,2 mil hoteis, bares, restaurantes e similares; 2,3 mil firmas referentes ao setor de comércio e administração de imóveis e valores mobiliários; 782 serviços médicos, odontológicos e veterinários; 244 empresas do setor de transportes e comunicações; e outras 91 instituições de crédito, seguros e capitalizações.

Entre as 1.417 indústrias de Petrópolis, as mais comuns são a indústria têxtil (596); produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico (254); madeira e mobiliário (103); papel, papelão, editorial e gráfica (100); metalúrgica (93); borracha, fumo, couro, peles e similares (76); indústria química de produtos farmacêuticos (73); produtos minerais não metálicos (49); mecânica (48); material elétrico e de comunicações (16), material de transporte (5) e indústria dos calçados (4).

A construção civil tem 474 estabelecimentos no município; a agropecuária, 172; serviços industriais de utilidade pública, 28; e extrativa mineral, 9. 

Números

 63.065 - empregos formais em Petrópolis

15.331 - empregados no comércio varejista

10.265 - trabalhadores de hoteis, bares e restaurantes

12.221 - funcionários na indústria

13.667 - estabelecimentos no município



Edição anterior (1757):
segunda-feira, 02 de setembro de 2019
Ed. 1757:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1757): segunda-feira, 02 de setembro de 2019

Ed.1757:

Compartilhe:

Voltar:

Veja também:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior