Edição anterior (1669):
quinta-feira, 06 de junho de 2019
Ed. 1669:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1669): quinta-feira, 06 de junho de 2019

Ed.1669:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Suspeito de assaltar no Centro Histórico usando faca é preso pela PM

Ele seria o autor de dois roubos e uma tentativa de assalto, entre segunda e terça

Suspeito de ser o responsável por uma série de assaltos a pedestres, no Centro, um homem de 30 anos foi preso pela Polícia Militar, na noite de terça-feira (4), na Rua 16 de Março. Com ele, os policiais encontraram uma faca, a qual estaria sendo usada nos roubos. Autuado apenas por porte ilegal de arma branca, ele vai responder inquérito em liberdade.

A ocorrência está registrada na 105ª DP (Retiro) e a expectativa é de que vítimas compareçam à unidade para fazer o reconhecimento do suspeito por meio de fotografias. No momento da prisão, o suspeito vestia roupas idênticas às descritas pelas vítimas, assim como a faca, que possuía cabo branco.

O suspeito foi localizado pelos cabos Bruno Pires e Kocken, da Polícia Militar, na altura do número 27 da Rua 16 de Março. Ele ficou nervoso com a aproximação da polícia e as características semelhantes chamaram a atenção dos policiais. A faca foi encontrada durante a revista pessoal, escondida dentro do casaco que usava.

O homem é suspeito de assaltos a pedestres ocorridos entre a tarde de segunda-feira e madrugada de terça-feira, na Avenida Koeler e Rua Caldas Viana, no Centro. Em ambos os casos, o bandido levou os telefones celulares das vítimas, assim como uma pequena quantia em dinheiro.

De acordo com o tenente-coronel Marcelo Bernardo, comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, a comunicação do crime, principalmente com detalhes sobre o ocorrido, ajuda muito na agilidade na identificação de suspeitos.

- Com o registro de ocorrência, fica mais fácil identificar os autores dos crimes. É de grande importância que as vítimas passem características que ajudem na identificação, como, neste caso, aconteceu. Sabíamos como era a faca, como ele estava vestido, sua aparência. Com policiais realizando ronda pela cidade, a presença desse homem foi percebida e conseguimos prendê-lo – frisou o Comandante.

No primeiro assalto, na Avenida Koeler, um jovem de 20 anos foi abordado em plena luz do dia. Ele descreveu o bandido como sendo um homem moreno claro, que vestia camisa branca e bermuda escura. O bandido exibiu a faca e exigiu que ele entregasse o telefone celular.

O mesmo aconteceu durante a madrugada, nas imediações do Terminal do Centro. As vítimas, duas mulheres de 28 e 29 anos, foram rendidas por volta das 2h10 e obrigadas a entregar os celulares e dinheiro que portavam.

Vereadores comentam questão de segurança na Câmara

Os vereadores Hingo Hammes (PTB) e Márcio Arruda (PR) falaram ontem (5) sobre a questão da segurança na cidade. O entendimento comum dos vereadores é a necessidade do reforço no efetivo da Polícia Militar (PM). Nesta semana, casos de assalto, roubos, furtos e até mesmo agressão fizeram com que petropolitanos se assustassem.

Hingo diz que é preciso ter, por parte dos vereadores, uma força para aumentar o efetivo da PM.

- A gente precisa ter um número maior de efetivo da PM. Já conversei com o comandante que disse que o efetivo é pequeno. Então precisamos ter uma força um pouco maior dos vereadores para que consigamos ter mais PMs do estado cedidos à cidade, para combater estes incidentes que vêm acontecendo – afirmou Hammes.

Sobre as ações municipais, o parlamentar diz que acredita que a o Choque de Ordem e as câmeras são boas ações.

- Hoje temos o Choque de Ordem. Porém, a força da polícia tem um poder maior, como um respeito maior. Essa junção da Guarda Municipal, também com comerciantes tendo segurança particular em algumas situações específicas, isso vai contribuir para que tenhamos uma segurança maior. As câmeras implementadas também ajudam bastante para identificar os autores dos crimes – disse.

Márcio Arruda aponta que é preciso mais investimentos na Polícia da cidade. Para ele, a Guarda é boa e a população pode confiar.

- É preciso maiores investimentos para aumentar o policiamento. É necessário aumentar o efetivo policial. A Guarda é muito boa e também contribui para a segurança do município. Então, é necessário aumentar também seu efetivo. Pois na Guarda a população pode confiar – conta.

Para o vereador do PR, também é necessário que haja políticas para geração de emprego

- É preciso um trabalho de base, o município, junto ao estado e o país, precisa gerar empregos. Também é necessário cursos profissionalizantes, para gerar empregos.



Edição anterior (1669):
quinta-feira, 06 de junho de 2019
Ed. 1669:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1669): quinta-feira, 06 de junho de 2019

Ed.1669:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior