Edição anterior (1555):
terça-feira, 12 de fevereiro de 2019
Ed. 1555:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1555): terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Ed.1555:

Compartilhe:

Voltar:


  Ambiente

Trilha da Pedro do Cortiço ganha placa de sinalização

Ação tem como objetivo preservar a área para os frequentadores e orientar os visitantes

A entrada da trilha da Pedra do Cortiço, no São Sebastião, ganhou no último sábado (09.02) uma placa que classifica o nível de dificuldade do trajeto, o tempo estimado de duração, a distância percorrida, além de sinalizar os locais podem ser vistos no final da trilha - após o término da caminhada, é possível observar a Baía da Guanabara, a região metropolitana do Rio de Janeiro e a Serra dos Órgãos. A ação também será realizada no Morro dos Palmares, em Araras, no Morro do Cuca, no Vale das Videiras, no Seio de Vênus, no Carangola, e na Pedra do Retiro.

A instalação acontece graças a uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente, a Superintendência de Esportes e Lazer e o Centro Excursionista Petropolitano (CEP), que trabalham em conjunto pela manutenção e preservação dessas regiões para atrair mais turistas para a cidade. Cercado quase que por 70% de Mata Atlântica e com 200 quilômetros de trilhas, o município tem ficado cada vez mais cheia com visitantes que vêm em busca do contato com o verde, sendo o cenário ideal para os amantes dos esportes de aventura.

“Queremos atrair ainda mais turistas para Petrópolis. As trilhas são muito procuradas pelos visitantes, que procuram o município para sair um pouco dos grandes centros urbanos. Somos privilegiados por termos no município cachoeiras, trilhas e cenários perfeitos para quem quer apreciar a natureza”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

Com nível de dificuldade baixo e um tempo de caminhada previsto para 30 minutos, a trilha Pedra do Cortiço é uma das mais procuradas na cidade pelos iniciantes, segundo o CEP. A iniciativa é uma maneira de incentivar a prática, garantindo mais saúde e segurança para os frequentadores. “É importante ressaltar que a instalação atende a um pedido antigo nosso e que só vai trazer benefício para quem frequenta as trilhas da cidade, facilitando o acesso”, disse Letícia Leal, presidente do Centro Excursionista.

Além da instalaçã das placas, a prefeitura também vai preparar um calendário de ações em parceria com a associação dos moradores e as escolas municipais no entorno destes locais que recebem o material. Além da Pedra do Cortiço, o trabalho também já foi realizado no morro do Bonet, no Rocio.

“A ideia é reunir os moradores e estudantes das proximidades e conscientizar sobre a importância da nossa ação, que visa preservar a natureza e evitar que os visitantes se percam. Temos um setor de Educação Ambiental estruturado, que vai trabalhar bastante para que as placas não sejam depredadas", frisa Renato Couto, secretário de Meio Ambiente.

Além de fortalecer o turismo, os esportes de aventura também ganham com a iniciativa. Ao longo do ano, o município recebe uma série de eventos deste tipo, como corridas a pé e de bike em montanhas. Desta maneira, o setor também será beneficiado. “Trabalhamos para que os amantes de esportes de aventura explorem esses locais, com corridas e caminhadas", afirma Leandro Kronemberguer, superintendente de Esportes e Lazer.

 



Edição anterior (1555):
terça-feira, 12 de fevereiro de 2019
Ed. 1555:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1555): terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Ed.1555:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior