Edição anterior (1523):
sexta-feira, 11 de janeiro de 2019
Ed. 1523:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1523): sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Ed.1523:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Trio é preso após furtar carteiras pela cidade

Ladrões foram encontrados com documentos, cartões e dinheiro  das vítimas

João Vitor Brum joaovitor@diariodepetropolis.com.br


 Três pessoas foram presas em flagrante na tarde desta quinta-feira (10) após furtarem documentos, cartões e dinheiro de inúmeras pessoas em diversos pontos da cidade, prioritariamente em estabelecimentos comerciais. Eles foram encontrados no Alto da Serra após uma senhora ter sua carteira furtada em um supermercado no Centro e acionar a Polícia Militar, que prendeu os acusados com mais de R$ 3 mil em espécie.

Uma senhora estava na fila do caixa, quando sentiu algo em sua bolsa. Ao virar, um rapaz se desculpou, dizendo ter esbarrado nela sem querer. Depois, uma mulher, que estava atrás dela na fila pediu para passar, pois estava apenas com uma bala, passando e puxando assunto com a senhora, para distraí-la, momento em que o homem enfiou a mão na bolsa e levou a carteira da vítima. Ele havia, anteriormente, cortado a bolsa com um estilete, facilitando o furto.

Ao chegar no caixa, a idosa percebeu que sua carteira havia sumido, acionando funcionários do estabelecimento, que chamaram a segurança e acionaram a Polícia Militar, que realizou buscas por toda a cidade, encontrando os suspeitos em uma agência da Caixa Econômica, no Alto da Serra, após efetuarem compras no Hipermercado Extra do bairro. Eles foram presos em flagrante pelo cabo Diniz, da Polícia Militar, que estava de folga, com o auxílio da Guarda Civil.

Após a primeira denúncia, outras vítimas surgiram, indicando situações similares à primeira, em diferentes localidades. Segundo informações, o trio teria realizado compras em diversos locais, adquirindo, inclusive, uma televisão. Com eles, foram encontrados documentos e cartões de diversas pessoas, além do dinheiro.

Os três, um homem e duas mulheres, foram encaminhados à 105ª Delegacia, onde permanecem presos. Uma das mulheres é de Petrópolis, e os outros dois acusados são de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Todos têm uma extensa ficha criminal. Com eles também foi apreendido um carro, modelo Gol, para averiguação.

A segunda mulher, oriunda de Caxias, estava com uma tornozeleira eletrônica, equipamento utilizado para monitoramento de pessoas em liberdade condicional do sistema prisional. O dispositivo é visto como uma forma de reduzir a lotação nas penitenciárias, e inclui um GPS que determina a localização via satélite e um modem para transmissão de dados por sinal de celular.

 



Edição anterior (1523):
sexta-feira, 11 de janeiro de 2019
Ed. 1523:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1523): sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Ed.1523:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior