Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Vereador Mauro Peralta fala sobre os primeiros meses de mandato

Parlamentar considera fiscalização e boas leis como características do período

Wellington Daniel

 

O vereador Mauro Peralta (PRTB) também ocupa uma cadeira no time “renovação” da Câmara Municipal, o grupo que não fazia parte da legislatura anterior. O parlamentar também é médico e assumiu a presidência da Comissão de Saúde da Casa Legislativa. Como característica destes primeiros meses, considera que o mandato é de fiscalização e fazer boas leis.

“Meu mandato é de fiscalização, fiscalização, fiscalização e fazer boas leis. Estou em tramitação com um projeto sobre a transparência do setor público e empresas de economia mista”, explicou.

Até agora, foram cinco projetos protocolados, além deste destacado pelo parlamentar, e seis indicações legislativas. O gabinete do vereador também apresentou 130 ofícios e 114 indicações simples.

“Vereador não tem metas. Meus principais projetos dependem do executivo como a desvinculação dos médicos para possibilitar a contratação de profissionais visto os 15 postos médicos que não tem facultativos devido aos baixos salários. Outra tentativa é de proporcionar recursos para investimentos na área de saúde com empenho no orçamento do ano que vem que será votado em agosto setembro pela Câmara”, explicou.

Mauro Peralta também é o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada pelo Legislativo municipal para apurar os gastos do Poder Executivo com a pandemia no ano de 2020. Além dele, o grupo é composto por Octávio Sampaio (PSL), Domingos Protetor (PSC), Eduardo do Blog (Republicanos) e Gilda Beatriz (PSD).

“Conseguimos instalar com seis assinaturas a CPI da COVID, que investigará os mais de R$ 40 milhões enviados pelo governo federal no governo passado. Preço de tendas, barreiras sanitárias, insumos, luvas, máscaras, banheiros químicos e outros itens. Ainda estamos na fase de coleta de informações e depois passaremos aos depoimentos que serão televisionados pela TV Câmara, canal 98 da Tech Cable”, explicou.

A próxima reunião da CPI está marcada para o dia 13, às 14h. No último encontro, no dia 29, a Câmara divulgou que os vereadores querem que a Prefeitura informe o custo das tendas e dos banheiros químicos, além do destino de dez respiradores. “Precisamos saber os valores e quantas unidades foram contratadas para que possamos comparar os custos e saber se houve alguma irregularidade nesse procedimento”, ressaltou Peralta na ocasião.

O parlamentar também atua como presidente da Comissão de Defesa da Saúde. De acordo com Peralta, estão sendo realizadas visitas em todos os hospitais, privados ou não, para verificar o tratamento da covid-19, além de inúmeros postos. As demandas estão sendo listadas e enviadas ao governo.

“É necessário uma urgente reestruturação da saúde, com diminuição das portas de entrada, contratação de profissionais, mudanças no setor de compras, atendimento ambulatorial, psiquiatra e de exames. Mas, para a efetivação precisamos ter um prefeito definitivo, que só teremos após a definição da Justiça Eleitoral”, apontou.



Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar: