Edição anterior (1683):
quinta-feira, 20 de junho de 2019
Ed. 1683:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1683): quinta-feira, 20 de junho de 2019

Ed.1683:

Compartilhe:

Voltar:


  Política

Vereadores comentam possível volta de Paulo Igor

Antônio Brito (PRB) e Leandro Azevedo (PSD) falaram ao Diário sobre a situação

Wellington Daniel

Os advogados de defesa do vereador Paulo Igor (MDB)pediram o retorno imediato do parlamentar a suas funções na Câmara Municipal. No ofício, a defesa cita que não existe relação entre o exercício do mandato e a ação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Ontem (19), os vereadores Antônio Brito (PRB) e Leandro Azevedo (PSD) comentaram ao Diário a questão.

Para Leandro Azevedo, enquanto os vereadores afastados não forem réus, estes poderiam frequentar a Câmara.

- Claro que somos contra as coisas ilegais, contra a corrupção e a favor da transparência e da democracia. Mas, enquanto os vereadores afastados não forem réus de verdade, acho que têm o direito de permanecer e estar dentro da Câmara. Nossa preocupação é que a justiça seja mais rápida em todas as ações para poder inocentar ou acusar os vereadores – disse.

Para Antônio Brito, a Câmara precisa acatar decisões judiciais futuras, assim como acatou as anteriores.

- Eu não tenho conhecimento técnico e dos processos que envolvem os vereadores. O que acho é que como foram cumpridas as determinações para que não frequentem mais a Câmara, para a suspensão dos salários deles e dos assessores, dentre outras,  qualquer determinação da justiça deve ser cumprida. O que a justiça determinar, a Câmara deve acatar – afirmou.



Edição anterior (1683):
quinta-feira, 20 de junho de 2019
Ed. 1683:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1683): quinta-feira, 20 de junho de 2019

Ed.1683:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior