Edição anterior (1613):
quinta-feira, 11 de abril de 2019
Ed. 1613:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1613): quinta-feira, 11 de abril de 2019

Ed.1613:

Compartilhe:

Voltar:


  Vigilância Sanitária

Vigilância Sanitária abre nova turma do curso e manuseio de alimentos

Curso tem vaga limitada e é voltado para profissionais e público em geral interessados em conhecer sobre normas para o manuseio de alimentos

            As inscrições estão abertas para mais uma turma do curso de Boas Práticas para Manipuladores de Alimentos, realizado pela Coordenadoria de Vigilância Sanitária. A próxima edição da capacitação será realizada na próxima segunda-feira (15.04), das 9h às 13h, na sede da Defesa Civil, na rua Buarque de Macedo, 128 – Centro. Oferecido gratuitamente aos profissionais que atuam no ramo de alimentação, o curso visa dar orientações sobre as formas seguras e adequadas para a manipulação, estoque e comercialização de alimentos.

            As inscrições podem ser feitas pelos telefones 2246-9209 ou 2246-9041 e pelo e-mail covisapetropolis@gmail. com. O curso é aberto ao público, em especial para empresários e profissionais que atuam com a manipulação ou comercialização de alimentos seja em restaurantes, lanchonetes, bares, quiosques, supermercados e demais estabelecimentos que fabriquem ou vendam itens alimentícios. O intuito é melhor instruir os profissionais de forma a garantir a manutenção da qualidade dos produtos comercializados.

            Os cursos são realizados com periodicidade e até o momento cerca 750 pessoas foram capacitadas. “O cuidado com o manuseio de alimentos é uma questão de saúde. Essa medida é mais uma ação de prevenção e garante a qualidade dos produtos vendidos na nossa cidade, que tem a gastronomia como um dos atrativos turísticos”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

            O curso vem sendo realizados desde 2017, com oferta de 50 vagas por turma, onde são passadas orientações de preparo adequado dos alimentos, além regras de manuseio como por exemplo, formas de fracionamento, etiquetagem e armazenamento, em local e temperatura corretas. O curso é ministrado por técnicos da Vigilância Sanitária com foco da preservação da qualidade do alimento e na segurança dos profissionais. “O intuito é evitar o risco de ocorrer doenças transmitidas por alimentos”, destaca o chefe da Fiscalização Sanitária, Carlos Feliceti Schaefer, ressaltando que o curso já resulta na mudança de práticas nos estabelecimentos e conduta dos profissionais da cidade.

            A iniciativa de realizar a capacitação surgiu a partir da constatação de infrações durante as vistorias realizadas pelos fiscais da Vigilância Sanitária. “Notamos substancial diminuição de infrações sanitárias cometidas por simples falta de conhecimento por parte dos profissionais. O nosso trabalho visa, antes de punir, orientar sobre as formas corretas de manuseio com o alimento”, destaca o fiscal. Durante o curso são passadas ainda orientações higienização correta das mãos e equipamentos utilizados; utilização de acessórios no momento da manipulação; certificação de controle pragas; entre outros.



Edição anterior (1613):
quinta-feira, 11 de abril de 2019
Ed. 1613:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1613): quinta-feira, 11 de abril de 2019

Ed.1613:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior