Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:


  Política

Votação da cassação de Dudu é suspensa pela Justiça

Decisão da 4ª Vara Cível havia determinado abertura de processo contra vereador afastado

Decisão do desembargador Jaime Dias Pinheiro Filho, da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) suspendeu a votação sobre a cassação do vereador afastado Luiz Eduardo da Silva, o Dudu (Patri), que aconteceria nesta quarta-feira (6). O processo administrativo para a declaração da perda de mandato havia sido determinado por decisão do juiz da 4ª Vara Cível, Jorge Martins.

A votação foi suspensa após Dudu e a Câmara Municipal terem entrado com embargo pedindo a suspensão dos efeitos da decisão da 4ª Vara. Com isso, o processo de cassação fica suspenso até o TJ-RJ julgar o mérito da ação e dos recursos interpostos pelo Legislativo e pelo vereador.

A decisão da 4ª Vara de ordenar a abertura de processo de cassação se baseia nas faltas do parlamentar desde o dia 12 de abril do ano passado, quando foi expedido um mandado de prisão contra Dudu, após as investigações da Operação Caminho do Ouro - que apurou irregularidades em contratos da Câmara com empresas terceirizadas. Em setembro, Dudu conseguiu habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas segue afastado das funções legislativas.

 



Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior